Israel irá restringir área de Pesca na Faixa de Gaza

Foto/Ali Jadallah

Segundo ao porta-voz do IDF, Ronen Manelis, a zona de pesca na faixa de Gaza será reduzida na próxima terça-feira (7), para 6 milhas náuticas (11 quilômetros).

No dia primeiro de Abril, como parte de um acordo de cessar fogo mediado pelo Egito, entre Israel e Hammas, os pescadores de Gaza ficariam com pelo menos 15 milhas náuticas para poderem pescar.

Segundo a IDF, a restrição foi tomada devido a um suposto míssil lançado pela Grupo “Força Islâmica Palestina”, mas o grupo negou, e afirmou que isso é apenas uma propaganda para denegri-lo na região.

O chefe do Sindicato de pescadores palestinos, Zacaria Bakr, afirmou ser uma decisão triste:

“ É comum este tipo de pressão psicológica que há muito afeta o povo palestino, é triste”.

Ele ainda disse que “a economia em Gaza, depende fortemente do setor pesqueiro, e que Israel sempre dá um jeito de reduzir a zona de pesca permitida, especialmente, quando a temporada de pesca está chegando”.

Há cerca de 4.000 pescadores em Gaza, que vivem da pesca, entre a sua população de pelo menos 2 milhões de pessoas.

Segundo especialistas, essa restrição israelense, pode provocar mais tensão na região.


Chadia Kobeissi

Jornalista formada no Líbano, em Beirute, com diploma revalidado pela USP e especialização em Civilização Árabe-Islâmica. Trabalhou como Correspondente Internacional para a Rfi, "Rádio França Internacional", que transmite também para a CBN do Brasil. Fundadora da Gazeta de Beirute, e autora do livro Estado Anti-Islâmico. Teve experiências incríveis em seus 8 anos de Oriente Médio, entendendo e desmistificando para o Ocidente, este outro lado do mundo.