Motoristas de aplicativos prometem aderir ao Uber Off

A Uber está dando o ponta pé inicial para a abertura de capital em bolsa, deixando muitos investidores eufóricos em aplicar suas reservas nesse mercado, e acredita-se que esse é o maior IPO (Oferta Pública Inicial) do ano, mas por outro lado, os motoristas de aplicativos estão organizando o maior protesto do ano, em diversas partes do mundo, inclusive aqui no Brasil.

Nesta quarta-feira, 08, motoristas de aplicativos do Brasil estão aderindo ao protesto contra as baixas tarifas cobradas pela empresa, que já estão congeladas há três anos. A data escolhida é por causa de ser a mesma data para a abertura do IPO (Oferta Pública Inicial) da Uber nos Estados Unidos.

As associações que representam e condutores sugerem que desliguem o aplicativo a partir das 0h desta noite até às 23h59, acredita-se que irão aderir a manifestação que ficou conhecida internacionalmente de Uber Off, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Tocantins, Espírito Santo e Pernambuco, mas podem ter outros estados, a mobilização tem ocorrido através de aplicativos de grupos.

Em São Paulo está sendo marcado um ato que acontecerá às 8h da manhã no Vale do Anhangabaú e os motoristas devem se deslocar a pé até a Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

Em seu lançamento no IPO na Bolsa de Valores dos Estados Unidos, a Uber espera atingir US$ 91 bilhões em valor de mercado e arrecadar até US$ 9 bilhões.