Parque da Independência será reformado e ampliado marcando o início das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil

Empresário se preocupa com meio ambiente e participa das ações junto ao prefeito de São Paulo

Ele ainda fará um voo sobre a capital para detectar os problemas mais graves.

“Quando queremos mudança, corremos atrás”, é assim que tem feito Bruno Assunção, empresário no setor de moda, que tem participado ativamente de ações que beneficiam a cidade paulistana. Ele esteve no último domingo (5 de maio) na visita monitorada da equipe que fará a reforma do Parque da Independência ao lado do Prefeito Bruno Covas e na oportunidade, o ativista aproveitou e sugeriu algumas ações para serem feitas em benefício da cidade.
Na ocasião, a Prefeitura de São Paulo assinou o contrato que prevê a primeira fase da ampliação do Parque da Independência, localizado no bairro Ipiranga, Zona Sul da capital. A área atual, de 161 mil m², terá um acréscimo de aproximadamente 26 mil m², com previsão de término das obras em oito meses, marcando o início das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil. ” Essa obra se deve ao trabalho de inúmeras pessoas que começaram isso lá atrás e que permitiram que a gente desse continuidade”, destacou o prefeito Bruno Covas.

Bruno Assunção empresário, Caio Luz subprefeito do Ipiranga e Bruno Covas prefeito de São Paulo


O empresário, Bruno Assunção, comentou durante a visita “É de extrema importância a conservação e a ampliação de áreas verdes para o convívio da população, a cada dia nossa cidade é tomada por um emaranhado de prédios que a transformam em uma metrópole cinzenta e poluído”.
Parque Independência
O Parque Independência é um dos mais significativos da cidade. Sua área existe desde 1909 às margens do córrego do Ipiranga, onde D. Pedro I proclamou a Independência do Brasil em relação a Portugal, no dia 7 de setembro de 1822.


O parque conta com jardins em estilo francês, ricos em árvores podadas em estilo ornamental, que conduzem ao Museu do Ipiranga, e é tombado por três órgãos de patrimônio (Condephaat, CONPRESP e IPHAN). Tem em seu entorno também a Casa do Grito, o Monumento da Independência e a Cripta Imperial, além do Museu Paulista e de Zoologia.


Na próxima semana Bruno Assunção fará um voo panorâmico sobre a cidade para ver os pontos mais críticos que necessitam de intervenção urgente da Secretaria do Verde e Meio Ambiente.