Vítima na Universidade dos EUA, tentou parar atirador

Nesta última terça-feira duas pessoas foram mortas, e pelo menos quatro ficaram feridas, em uma Universidade dos Estados Unidos, na Carolina do Norte, um dos jovens morreu tentando ajudar seus amigos.

Riley Howell, 21 anos, segundo testemunhas, teria pulado em cima do atirador para detê-lo, mas foi morto. No entanto, nesta tentativa de pará-lo, os policiais conseguiram deter o atirador, evitando assim mais ocorrências.

O atirador foi detido pela polícia e identificado como Trystan Andrew Terrell, também estudante, que antes de cometer o crime, teria postado em seu Twitter: “Corram, escondam-se, lutem. Protejam-se imediatamente”.

A Universidade, que tem quase 30 mil alunos, informou ainda que o campus está fechado e que os estudantes e funcionários devem “permanecer em um local seguro”.

Além de Riley Howell, o outro jovem também assassinado foi Ellis Parlier de apenas 19 anos. Outros quatro alunos, ficaram feridos.