Bahia e Portugal assinam acordo para recuperar patrimônio arquitetônico

A recuperação de imóveis de valor arquitetônico, histórico e cultural da Bahia, a fim de torná-los equipamentos com finalidade turística, é o objetivo do protocolo de entendimento assinado na última sexta-feira (21), em Lisboa, pelo secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, e a secretária do Turismo de Portugal, Ana Mendes Godinho. O plano está baseado no bem-sucedido programa ‘Revive’, em execução naquele país.

 Com a assinatura do documento, Portugal se compromete a apoiar o governo baiano com a experiência técnica acumulada pelo Revive, conjunto de ações previstas num movimento internacional de recuperação do patrimônio arquitetônico, histórico e cultural, ao qual a Bahia se integra oficialmente, nesta data. A iniciativa contribui para geração de emprego e ativação da economia.

Lançado no ano passado, o Revive já está identificou 33 imóveis – conventos, fortes e castelos, entre outros – em Lisboa e no interior de Portugal, em condições de abrigarem atividades econômicas ligadas ao turismo, por meio de investimentos privados, autorizados mediante concessão em concurso público, informou a secretária Ana Godinho.

“Mesmo concedendo à iniciativa privada a administração desses imóveis, esse mecanismo mantém a propriedade pública dos mesmos, preservando-se igualmente os elementos que marcam os valores históricos e culturais de cada um deles”, disse Fausto Franco.

“Estamos mapeando imóveis que podem ser incluídos numa primeira etapa, a fim de impulsionar a instalação de novos restaurantes, hotéis, cafeterias, lojas de artesanato e outros equipamentos que ativem o mercado turístico, com desenvolvimento econômico”, sintetizou o secretário Fausto Franco.

Foto: Divulgação

Fonte: Ascom/Secretaria de Turismo do Estado (Setur)


JB Cardoso

Jornalista e escritor, nascido no Rio Grande do Sul e radicado na Bahia, escreve sobre quase todas as editorias, preferindo sempre contar histórias. Viciado em informação, faz dela um meio de vida. Casado com Thábatta Lorena e pai de Pilar.