15 de julho é dia do Homem

Importante assunto para a saúde dos homens – exame da próstata

Uma análise de nove pesquisas com institutos de renome, como a Sociedade Brasileira de Urologia, Instituto Oncoguia e Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, revela: 41% dos homens brasileiros acreditam que o envelhecimento só começa a partir dos 60 anos de idade.

Há 11 anos, a Bayer acompanha o assunto de perto e fez um compilado de informações importantes sobre a saúde masculina e como os homens encaram alguns temas como sexualidade, saúde e comportamento. O objetivo é entender o grau de conhecimento e a percepção dos homens sobre o universo masculino

O Brasil tem mais de cem milhões de homens. Desses, 14 milhões têm mais de 60 anos. E é justamente o entendimento a respeito do assunto que chama atenção. De acordo com a pesquisa, 43% deles têm medo de envelhecer.  

Sobre o exame de toque retal, 49% deles admitiram que nunca realizaram o procedimento. Questionados sobre o porquê, 26% alegam que o médico jamais solicitou e 24% acreditam que é uma ideia ‘pouco máscula’.

É muito importante que os homens façam o exame da próstata.

Sobre a próstata:  é uma glândula exócrina que faz parte do sistema genital masculino.

Hiperplasia Benigna da Próstata (HPB): Por volta dos 45 anos, a próstata tende a aumentar naturalmente de tamanho, no que chamamos de Hiperplasia Benigna da Próstata (HPB). Essa condição atinge cerca de 14 milhões de brasileiros de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia e pode causar obstrução parcial ou totalmente da uretra, sendo, por isso, considerada uma doença. MUITO frequente, essa condição prejudica a qualidade de vida do homem, afetando sua rotina e também a vida sexual.

O Professor Dr. Francisco Cesar Carnevale, médico da CRIEP – Carnevale Radiologia Intervencionista Ensino e Pesquisa, destaca que dados recentes da OMS sugerem que a HPB ocorra em 1/4 dos homens com 50 anos de idade; em 1/3 daqueles com 60 anos e em metade dos que têm 80 anos ou mais.

Prof.  Dr. Francisco Cesar Carnevale – médico do CRIEP – Carnevale Radiologia Intervencionista Ensino e Pesquisa – autoridade médica referência nacional e internacional em Radiologia Intervencionista, Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular. Sua principal linha de pesquisa está focada no tratamento de pacientes com sintomas do trato urinário inferior associados ao crescimento da próstata pela Hiperplasia Prostática Benigna (HPB). Pioneiro a publicar na literatura científica mundial, a técnica de Embolização das Artérias da Próstata (EAP) dentro do Hospital das Clínicas da FMUSP, sob a supervisão dos professores Miguel Srougi e Giovanni Guido Cerri.  É diretor de Radiologia Vascular Intervencionista do Instituto de Radiologia (InRad-HCFMUSP), do Instituto do Coração (InCor-HCFMUSP) e do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo (SP). É responsável pelas disciplinas de Graduação e Pós-graduação na área de Radiologia Intervencionista da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

Fonte da pesquisa: emais.estadao.com.br

Foto do homem: pexels