Copa América: sem fantasmas, Jesus brilha no Mineirão e Brasil vence Argentina

Os fantasmas do 7 a 1 não apareceram no Estádio do Mineirão, e a noite foi de Gabriel Jesus. O jovem atacante do Manchester City fez o primeiro e construiu o segundo gol brasileiro, garantindo a vaga na final da Copa América no próximo domingo.

O jogo em Belo Horizonte era uma semifinal inédita. Nunca antes Brasil e Argentina haviam se enfrentado em uma semifinal de Copa América. Havia ainda a dúvida se os brasileiros seriam tocados pela memória da goleada de 7 a 1 sofrida contra a Alemanha em 2014 no mesmo estádio. Mas pelo que se viu em campo, quem se assombrou foram os argentinos.

O primeiro gol veio aos minutos, quando Daniel Alves fez grande jogada pela direita, serviu Firmino dentro da área. Este tocou para Gabriel Jesus encostar para a rede. Depois do gol, ambos se abraçam na comemoração (foto).

A Argentina chegava pouco na área brasileira. Quando conseguia, encontrava em Alison a tranquilidade necessária a um goleiro de Seleção.

No segundo tempo, Jesus apareceu de novo.  O menino de 22 anos passou a dribles e fugindo de faltas desde o meio campo. Invadiu a área e tocou na medida para Firmino completar e marcar o segundo gol brasileiro.

Com o apito final, as lembranças do 7 a 1 ficaram definitivamente sepultadas na história do futebol e não irão mais amedrontar brasileiros. A próxima história é no Maracanã, domingo, quando a Seleção Canarinho vai tentar sua nona conquista da Copa América. E todos esperam que seja sem sustos.

Outra semifinal

Nesta quarta-feira, às 21h30, Chile e Peru se enfrentam na Arena do Grêmio, em Porto Alegre/RS, para decidir quem avança à final, que ocorre domingo, no Maracanã, Rio de Janeiro.


JB Cardoso

Jornalista e escritor, nascido no Rio Grande do Sul e radicado na Bahia, escreve sobre quase todas as editorias, preferindo sempre contar histórias. Viciado em informação, faz dela um meio de vida. Casado com Thábatta Lorena e pai de Pilar.