Por que as pessoas mentem tanto e se é passível de tratamento?

A mentira faz parte da existência humana, aprendemos a mentir desde crianças: é um mal necessário que serve para evitar problemas maiores, sofrimento, conflitos, brigas, mal-entendidos, discussões e confusões, seja no relacionamento familiar, no trabalho, entre amigos ou mesmo nos relacionamentos afetivos.

Em geral, as pessoas fazem uso da mentira para se protegerem de um mal maior se a verdade vier à tona, quando a verdade é difícil de ser aceita ou compreendida, para se fazerem importantes diante de outras pessoas ou para se sentirem pertencendo a um grupo. O objetivo básico da pessoa, ao mentir, é evitar um sofrimento.

O pior estrago que uma mentira pode provocar é quando ela é descoberta! Não importa o tamanho da mentira e nem os motivos que levaram a pessoa a mentir, a pessoa mentirosa passa a ser vista com desconfiança e perde a credibilidade.

Infelizmente, existem pessoas que mentem de forma compulsiva, justamente porque, em algum momento começaram a mentir e não conseguiram mais parar.

O mentiroso compulsivo tem sua vida esvaziada, vive uma fantasia e paga um preço alto por isso pois perde sua identidade e sua autoestima. O tratamento psicológico é o caminho para que a pessoa pare de mentir compulsivamente, para que ela retome sua verdadeira identidade e melhore sua autoestima. Afinal, se mentir é uma forma de evitar um sofrimento, quem mente compulsivamente sofre por conta de suas mentiras e precisa acabar com esse sofrimento.

Dra. Olga Tessari Psicóloga, Psicoterapeuta e Pesquisadora desde 1984 – Psicóloga Perita – Escritora Cursos e Palestras – Mediação de Conflitos – Professional & Life Coach – Consultoria Comportamental Terapia Individual – Grupo – Casal – Familiar: Presencial, domicílio ou online via e-mail, chat ou vídeo Atendimento em Emergências, Catástrofes e Desastres Cel: (11) 99772-9692 – www.olgatessari.com