Black Friday oportunidade para o pequeno empreendedor

Uma das oportunidades para o pequeno empreendedor divulgar seu produto e aumentar as vendas, sem que ele seja desvalorizado posteriormente é estar presente na Black Friday. Para que os descontos não se tornem uma cilada para o empreendedor é importante avaliar alguns pontos.

Seguem as dicas da empreendedora Thais Fontoura, há já faz parte dos adeptos para divulgar o seu produto e aposta na data como forma de ampliação do seu negócio.

Thais projeta aumentar suas vendas em 120% e vê a Black Friday como uma grande oportunidade para desenvolver o público alvo, sem prejudicar as vendas futuras.  “Essa data já é esperada por muitos brasileiros, porém as grandes empresas são beneficiadas no volume de venda, por conseguirem negociar um bom preço com seu fornecedor devido a quantidade de compra. A realidade do custo médio para o pequeno empreendedor desenvolver o mesmo produto pode chegar a mais de 30% sobre o valor da mercadoria.  Essa diferença é o maior desafio para quem ainda é pequeno, já que esse valor impacta na captação de novos clientes. Existem duas grandes sacadas para essa data que podem ser o diferencial no momento da venda. A primeira é saber que o produto feito individualmente pode trazer maior qualidade ao consumidor, e a outra é conseguir negociar bons preços de compra, para repassar ao cliente” Comenta a empreendedora.


É quase impossível atingir os descontos das grandes empresas, mas oferecer um valor abaixo do que o empreendedor pratica em seu dia-a-dia, torna-se necessário para chamar a atenção do consumidor.  A empreendedora lista algumas dicas que podem ser importantes para se sobressair na Black Friday mesmo oferecendo os descontos para a data.

– Personalizar o atendimento é algo que as grandes empresas não conseguem realizar, esse pode ser o diferencial para que a pessoa adquira um produto e volte a fazer negócio com o empreendedor.
– Por trabalhar com linha de produção a entrega pode não manter a mesma qualidade que os produtos feitos de maneira unitária. O diferencial esta na forma em que o cliente pode acompanhar todo o processo de entrega.
– Ampliar o networking é fundamental para esse período
– Usar as redes sociais com maior ênfase e principalmente com as hastags que viralizam nesse período tal como #blackfriday #promocao
– Criar a divulgação pensando que seu cliente pode antecipar as compras de natal. Dessa forma aumentam as vendas e eles podem oferecer presentes com um valor mais acessível.
– Entregar o produto conforme foi descrito no momento da venda, para não gerar futuro mal estar com o cliente
– Entre em contato com os clientes para saber a opinião sobre o produto. Esse é um trabalho de pós venda extremamente importante para quem é  empreendedor individual, micro e pequeno empreendedor. Dessa forma o cliente irá sentir-se amparado e pronto para criar vínculo com o vendedor.
– Divulgar, sempre que possível, quando houver um elogio do cliente. Peça a permissão para que possa colocar nas redes sociais da empresa o elogio.
– Atentar-se às críticas dos consumidores e dar retorno sobre o caso, assim que possível. Cada crítica pode dar um norte sobre os próximos passos para conquistar outros clientes.

Para Thais essa é uma data que pode trazer um maior volume nas vendas e para não ter prejuízo, ou empatar o dinheiro é importante seguir algumas regras

– Pesquisar mais de um fornecedor que possa ter um preço mais acessível .
* Mesmo que o seu fornecedor seja de confiança, sempre esteja atento ao que o mercado oferece e pesquise o preço a cada compra que será realizada. É possível que alguns preços possam ser mais baratos, com a mesma qualidade.

– Buscar descontos maiores com o fornecedor que tenha o melhor preço com base na promoção nacional da black Friday
Todo o comercio esta voltado para a Black Friday, então buscar descontos é um item importante e que fará a diferença para estabelecer o preço médio mais baixo

– Após conseguir o desconto, fazer um pedido maior. (cerca de 30% a mais)
Garantir um estoque com um valor baixo para as vendas futuras é uma das estratégias para que, mesmo ao apresentar um desconto competitivo para o cliente final, o produto mantenha um custo médio mais baixo  e por mais tempo. Dessa forma é possível resgatar o valor do desconto oferecido nesse dia e equilibrar os ganhos.

– Controlar o estoque
Não adianta montar um estoque muito maior do que suas vendas programadas, caso o produto não venda é possível que o prejuízo seja acima do esperado. Por isso, estude o mercado para saber até onde pode chegar

– Saiba estipular o valor do seu produto
Para saber o quanto irá custar cada item é importante relacionar tudo o que precisa para desenvolver o produto ( materiais usados em cada peça, água, luz, telefone, divulgação, entrega e principalmente o tempo para a confecção)
Depois de estabelecido o valor de cada peça é preciso colocar a sua margem de lucro, afinal é ela que faz a sua empresa crescer, ou não.

– Faça a promoção apenas na data estipulada
Para que o seu produto não desvalorize é importante manter o desconto oferecido apenas durante o período pré-estipulado. Caso essa regra seja quebrada, o valor médio do produto será menor e pode comprometer a vida financeira do seu empreendimento

– Divulgação
Essa é a oportunidade para que mais pessoas conheçam o seu produto, então é importante que a divulgação seja estruturada para ter o retorno do investimento.

Com a experiência ao longo da jornada empreendedora, Thais criou o seu diferencial que é impactar vidas. Para isso busca manter contato com cada pessoa individualmente, personaliza cada serviço , entende o cliente de forma única, estabelece os horários dedicados ao trabalho, apresentar um valor acessível, mantem a qualidade do que é prometido no momento da venda e esta sempre em busca de aprimoramento. Hoje ela ajuda voluntariamente outras mulheres em suas redes sociais (@divino_pano) com base em sua experiência, além de continuar com a venda de seu produto, sua maior realização.