Infecção por herpes atinge quase 4 bilhões de pessoas em todo o mundo

Se você perceber algumas pequenas bolhas cheias de um líquido claro ou amarelo, formando feridas normalmente nos lábios ou genitais, é possível que você faça parte dos mais de 3,7 bilhões de pessoas em todo o mundo com herpes simples.

A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que pelo menos 67% da população mundial com menos de 50 anos de idade tem a doença. A infecção é causada pelo vírus humano (HSV tipo 1 e 2) e começa com uma irritação e dores no local até aparecer as bolhas ou ulceras, no caso da região genital, que podem sangrar ou causar dor ao urinar.

Tipos de Herpes

O Herpes Simples tipo 1 (HS1) normalmente fica alojado na cabeça, com lesões no pescoço e principalmente nos lábios.  

Já o tipo 2 (HS2) se aloja na região lombar, parte de baixo das costas e as lesões costumam ser comuns na região genital (pênis, ânus e vulva).

No verão, como os raios ultravioletas são mais intensos, isso deixa a imunidade da pele mais baixa favorecendo a pessoa que foi exposta ao vírus a desencadear as lesões. Segundo a médica Rosana Richtmann, infectologista de Hospital Emílio Ribas, a doença “é extremamente comum (…) a doutora alerta para uma característica importe do vírus, “é uma lesão recidivante (doença que acontece de forma repetitiva) tem gente que tem recorrência quase que mensal, ou 3 vezes por ano, isso varia conforme o paciente”.

Tratamento

Herpes é uma infecção sexualmente transmissível, por tanto é importante o uso de preservativo para diminuir o risco de transmissão, além de evitar o contato pele com pele.  Medicamentos antivirais ajudam a diminuir a frequência e gravidade das lesões, a Dra. Rosana lembra que “herpes não tem cura, o que existe é controle com o uso de antiviral, uma alimentação mais balanceada e mais saudável”. Já existem alguns testes de vacina para a prevenção da doença, mas ainda nenhuma comprovou ser totalmente eficaz.


Felipe Nascimento Cruz

Paulistano, com formação em jornalismo e publicidade. Um ex jogador de futebol que acredita que a comunicação pode mudar o mundo.