Salvador terá policiamento reforçado no Réveillon

Para garantir que baianos e turistas virem o ano com segurança e tranquilidade, o Comando de Policiamento Regional da Capital-Atlântico da Polícia Militar da Bahia (CPRC -PMBA) lançou semana passada a Operação Réveillon em Paz. A iniciativa contará com dois mil policiais e será executada em toda a Orla de Salvador, de 28 de dezembro a 1º de janeiro.

Segundo o subcomandante do CPCR, tenente-coronel Elias Neves, além do efetivo policial, a operação conta com policiamento montado e de motocicletas, portais de abordagem e postos de controle. “Esses policiais usarão tecnologias como detectores de metais e ainda contaremos com câmeras de reconhecimento facial a fim de evitar problemas no evento”, revelou.

 Lucas de Oliveira é um dos milhares de turistas que vieram passar o Réveillon em Salvador. Ele veio de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, junto com a mãe e a tia, e já ouviu falar do esquema especial colocado em prática pela PMBA. Lucas diz que se sente mais seguro para curtir a festa. “Curtir a festa na praia com a família é ótimo. Melhor ainda é saber que o policiamento vai ser reforçado em um lugar grande como esse”, garantiu.

 A ambulante Lorena Silva também se sente tranquila. “Já é o terceiro ano que trabalho aqui e a Polícia sempre dá muito apoio, evita brigas e transtornos. Dá até para curtir um pouquinho também”, revelou.

 O reforço na área externa da estrutura montada na Orla será feito com o apoio dos esquadrões de Motocicletas Águia e Polícia Montada, da Operação de Repressão a Roubos a Ônibus e Veículos, bem como do Grupamento Aéreo da PM. Cidades do interior que costumam receber um grande número de visitantes nessa época do ano também vão contar com esquema especial de policiamento na virada.

(Com informações da Secom-Governo da Bahia)


JB Cardoso

Jornalista e escritor, nascido no Rio Grande do Sul e radicado na Bahia, escreve sobre quase todas as editorias, preferindo sempre contar histórias. Viciado em informação, faz dela um meio de vida. Casado com Thábatta Lorena e pai de Pilar e Cléo.