42 mil postos de saúde estão preparados para atender casos de coronavírus

Foto: SMS/SP

O Ministério da Saúde está priorizando o atendimento primário contra o novo coronavírus, segundo a pasta, mais de 42 mil postos de saúde espalhados pelo Brasil estão preparados para atender 90% dos casos de Covid-19.

O secretário executivo do MS, João Gabbardo, destacou que a “priorização da atenção primária feita pelo Ministro Luis Henrique Mendetta foi acertada e deixou o país mais forte para enfrentar a circulação do coronavírus no Brasil. A atenção primária do SUS (Sistema Único de Saúde) consegue agilizar alguns problemas como diabetes e hipertensão, isso diminui o volume de atendimento dos hospitais.

O plano pretende aumentar o horário de funcionamento de alguns postos, ampliando o atendimento para a população. O ministério destinou 900 milhões de reais que serão repassados para os municípios, conforme os casos do vírus forem aumentando.

Classificada como Pandemia, enfermidade amplamente disseminada, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) já são 121 casos confirmados do Covid-19 no Brasil, a médica infectologista do Hospital Emílio Ribas em São Paulo, Rosana Richtmann disse que “a imensa maioria dos casos serão leves(…)”

A dra. Rosana alerta sobre a possível lotação da rede pública de saúde, “Não vá aos hospitais sem necessidades. Não é o momento da gente estar expondo pessoas vulneráveis (…)”

Pessoas com mais de 60 anos de idade, gestantes, hipertensos, diabéticos, problemas respiratórios ou cardiovasculares, são pacientes de risco, segunda a dra. Rosana Quanto mais a gente tiver essa consciência individual em não expor as outras pessoas e não aumentar de forma muito rápido o número casos, melhor”.


Felipe Nascimento Cruz

Paulistano, com formação em jornalismo e publicidade. Um ex jogador de futebol que acredita que a comunicação pode mudar o mundo.