Doação de Sangue – Um ato de amor!

SOCIEDADE MÉDICA E CORINTHIANS FAZEM MUTIRÃO DE DOAÇÃO DE SANGUE AMANHÃ (7) NA ARENA, EM ITAQUERA

Por conta da preocupação com o coronavírus (COVID-19) e a quarentena decretada na última semana, o estoque de sangue nos serviços de hemoterapia baixou significativamente. Para solucionar este risco iminente de desabastecimento, a Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) iniciou uma campanha para estimular e conscientizar a população a doar sangue neste período.  

Para viabilizar esta campanha, através da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) contou com o apoio do Sport Club Corinthians Paulista que, nos dias 7, 8 e 9 de abril, abrirá os portões do seu estádio para que torcedores possam participar, doar e contribuir para o aumento dos estoques.

“Esse cenário começa a colocar em risco o tratamento e até a vida de pacientes que precisam de transfusão de sangue”, explica o hematologista e hemoterapeuta Dante Langhi Jr., presidente da ABHH, que recentemente gravou um vídeo publicado nas redes sociais da Associação contextualizando o momento. “Precisamos urgentemente deixar claro que a doação de sangue não representa risco de contaminação, basta que os cuidados de evitar aglomerações, por exemplo, sejam tomados”, completa.

Os interessados devem estar acima dos 50kg, terem entre 16 e 69 anos de idade, com boas condições físicas, estarem descansados e bem alimentados. Além disso, é necessário se cadastrar previamente no site www.corinthians.doandosangue.com.br e comparecer entre 8H30 e 13H no setor leste da Arena Corinthians, nos portões H e N do estádio. A entrada para os pedestres será feita pelo portão E4.

Além da iniciativa, a ABHH lançou um guia com orientações para pacientes e bancos de sangue: http://bit.ly/ABHH-orientações-Doação-sangue. O material esclarece dúvidas e reforça que doar sangue não oferece riscos aos doadores em tempos de coronavírus.

Sobre a ABHH

A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) é uma associação privada para fins não econômicos, de caráter científico, social e cultural. A instituição congrega médicos e demais profissionais interessados na prática hematológica e hemoterápica de todo o Brasil. Hoje, a instituição conta com mais de dois mil associados.