Cientistas indicam que mortalidade da Covid-19 pode ser inferior a 1%

A taxa de mortalidade do novo coronavírus pode ser inferior a 1% é o que questiona Jay Bhattacharya e Eran Bendavid médicos pesquisadores da Universidade de Stanford nos EUA. Em artigo publicado pelo The Wall Street Journal em março, os pesquisadores falam sobre as poucas evidencias em relação a taxa de mortalidade do vírus que está entre 2% e 4% segundo a OMS.

O estudo aponta para o número de casos confirmados, que existe um consenso entre os estudiosos, que são muito maiores do que os registrados oficialmente, já que não há testes para todo mundo e a grande maioria assintomática acaba nem sabendo que está com a doença.

O calculo é feito em cima do número de óbitos que, naturalmente, são dados mais confiáveis. A Taxa de mortalidade é feita em cima do número de casos confirmados de Covid-19, excluindo a possibilidade dos milhares de casos sem testagem, o que reduziria a mortalidade do vírus no mundo.

Atualmente a taxa tem variado de país para país, o que deixa mais duvida em relação aos estudos, dados publicados pelo New York Times mostram que a China registrou 90.294 casos até a última sexta feira (3) com 4.634 mortes, umas taxa de mortalidade de 5%.

Números próximos registrados pelo EUA, epicentro do vírus neste momento, são 2.811,447 casos com 129.403 mortes, taxa de 4,6 segundo a publicação. Mas na Europa a Bélgica que registra mais de 60 mil casos tem uma mortalidade que chega a 16%, o que se compara com a Itália e Grã Bretanha com 14% cada.

Nos EUA, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças divulgou dados que mostram que a cada caso confirmado existem outros dez, em média, sem confirmação, corroborando a tese que existem milhões de casos que não são registrados.

Nesta semana Soumya Swaminathan cientista chefe da Organização Mundial da Saúde em uma reunião online com 1.300 cientistas de todo o mundo, afirmou que existe um consenso que a mortalidade é de cerca de 0,6%.

Um dado que tem se confirmado em vários países é a taxa de internação, cerca de 20% dos pacientes confirmados com a Covid-19 precisam de tratamento com oxigênio ou cuidados hospitalares mais avançados.

No Brasil a taxa de mortalidade está em 4,1%. São 1.577.004 casos confirmados até o momento e 64.265 mortes. Somente nas ultimas 24 horas o país somou 37.923 novos casos e 1.091 novos óbitos.


Felipe Nascimento Cruz

Paulistano, com formação em jornalismo e publicidade. Um ex jogador de futebol que acredita que a comunicação pode mudar o mundo.