Mulheres governam a maioria dos municípios brasileiros com menos de 50 mil habitantes

De acordo com a pesquisa do Instituto Alziras, os municípios governados por mulheres ocupam apenas 7% da população do Brasil

Governar para poucos, mas fazendo muito. Esse é o papel de 12% das prefeitas eleitas no Brasil na última eleição. Os municípios governados por mulheres abrangem somente 7% da população do país, porém do total de prefeitas em exercício cerca de 91% delas ocupam o cargo em cidades com menos de 50 mil habitantes.

Os dados do Instituto Alziras comprovam que o poder político das mulheres que comandam essas cidades, é sempre de uma trajetória vinda de lideranças políticas anteriores, experiência em gestão pública e mais tempo de estudo sobre o cargo do que os homens. Quando se comparado em números, pelo menos 71% das prefeitas eleitas possuem ensino superior, já os homens apenas metade dos eleitos possuem graduação.

As mulheres eleitas prefeitas também possuem experiências em cargos públicos, o que facilita o entendimento para que elas tenham uma visão mais assertiva e técnica sobre o que município que comanda necessita.

Um dos exemplos é o município de Banzaê, localizado a 324 km de Salvador, no nordeste baiano que é comandado por uma mulher e que possui histórias positivas para contar. Jailma Dantas, atual prefeita da cidade e pré-candidata a reeleição no município, comandou pela primeira vez o município aos 26 anos, no tempo em que mulheres na política não eram tão frequentes assim.

Em 2019, Jailma foi convidada pela Instituição Alziras para participar da Semana do Clima, evento organizado pela ONU (Organização das Nações Unidas), que reuniu governos e organizações da América Latina em uma troca de experiências sobre adaptação às mudanças do clima. Na ocasião, a gestora pôde mostrar as experiências e programas que vem dando certo em Banzaê.

Em busca do seu quinto mandato, a atual gestora quer continuar escrevendo uma história junto com o povo banzaeênse de desenvolvimento, cultura e progresso no sertão baiano. Assim como as outras prefeitas do Brasil que comandam cidades pequenas, Jailma busca investir em saúde, educação, agricultura e pecuária para uma Banzaê mais desenvolvida.

Fonte: Instituto Alziras


JB Cardoso

Jornalista e escritor, nascido no Rio Grande do Sul e radicado na Bahia, escreve sobre quase todas as editorias, preferindo sempre contar histórias. Viciado em informação, faz dela um meio de vida. Casado com Thábatta Lorena e pai de Pilar e Cléo.