28 Fevereiro 2024

Professora trancou bebés no WC durante ataque: “Foi no parque para matar”

1 min read

Docente conta o que fez para salvar crianças.

Uma professora contou que trancou crianças na casa de banho durante o ataque que esta quarta-feira fez quatro vítimas mortais, todas menores, numa creche em Blumenau, Santa Catarina, no Brasil.

“Minha parceira de sala chegou correndo dizendo ‘fecha a porta, fecha a janela porque um cara [homem] assaltou o posto’. Pensámos que era um assalto porque ele invadiu a escola, só que fechei os bebés na casa de banho, depois vieram na porta dizendo que ele ‘veio matando’, ele foi no parque para matar”, começou por relatar a professora Simone Aparecida Camargo, em declarações à NSC TV, citadas pelo G1.

“No parquinho, a turma do ‘pré’ [escolar] estava toda no parque fazendo uma roda de conversa. Ele tinha mais que uma arma”, acrescentou ainda.

Recorde-se que a Polícia Militar confirmou que quatro crianças morreram na sequência do ataque na creche Cantinho Bom Pastor. As vítimas são três meninos e uma menina, com idades entre os 5 e os 7 anos.

Pelo menos outras três crianças ficaram feridas, uma delas em estado grave.

O suspeito, um homem de 25 anos, terá saltado um muro da creche para o ataque, levado a cabo com um machado.

As vítimas foram atingidas na região da cabeça.

O homem entregou-se às autoridades e a polícia investiga agora se há outras pessoas envolvidas no ataque.